Comércio Eletrônico: Previsões Tecnológicas 2019

A indústria de compras online  está crescendo a um ritmo muito mais rápido do que o varejo tradicional.

Os varejistas devem adaptar-se às novas necessidades do consumidor e do comércio eletrônico para se manterem competitivos. Então, com 2017/18 atrás de nós, vamos dar uma olhada no que o próximo ano pode trazer.

A utilização de estoque e logística entregues por terceiros chamado de Fulfillment aumentará à medida que os varejistas procuram tirar proveito de sua crescente base de clientes fiéis e encontrar eficiência no atendimento a esse mercado.Em termos de atrair consumidores para comprar em mercados, veremos novos canais como o Voice Commerce, da Amazon Alexa, começarem a ganhar força.

O mundo do comércio eletrônico se tornará mais robótico no próximo ano!
 A automação não apenas economizará tempo: a automação do estoque e o cumprimento dos canais de vendas se tornarão cada vez mais importantes, especialmente com a ascensão dos mercados e novas formas de compra, como o comércio social e de voz. Esforços para gerenciar manualmente as operações em e-commerce, mercados e canais físicos se tornarão quase fúteis, e as empresas que buscam automação serão as que sobreviverão em um ambiente competitivo cada vez maior.
 Inteligência Artificial e  Chat Bots garantirão seu lugar no varejo: em 2019, a realidade aumentada com aplicações práticas começará a fazer incursões tanto na loja quanto em casa. Pense em espelhos e aplicativos mágicos que permitem que você experimente um produto sem sair de casa – a melhor tentativa antes de comprar.
Os bots de bate-papo serão outra tecnologia que finalmente encontrará seu lugar, aliviando os agentes de atendimento ao cliente de executar trabalhos pesados, como atualizações de status de pedidos ou recuperação de números de rastreamento de envio. Esse tipo de inteligência artificial e aprendizado de máquina não tira empregos como alguns meios de comunicação podem fazer você acreditar;em vez disso, irá capacitar os colaboradores a transferir seus conhecimentos para atividades de crescimento estratégico.

Pesquisa por voz – o comércio de voz merece sua própria previsão, já que se tornará uma prioridade para os varejistas em 2019. As pessoas que usam assistentes de voz crescerão em média 45%  em 2019 e os varejistas precisarão otimizar seus catálogos de produtos para explorar esse mercado crescente. Alavancar os mercados,  por meio de canais de voz, é uma maneira fundamental de os varejistas aproveitarem essa oportunidade.

 

 Experiências únicas e personalizadas vencerão os descontos: Os varejistas que focam sua atenção na construção de uma experiência única que seja independente do canal e alinhada aos valores de seus clientes, vencerão aqueles que se concentram em estratégias de curto prazo, como desconto ou diversificação de produtos. Com a integração de aprendizado de máquina e inteligência artificial, uma lista crescente de soluções de baixo custo agora está prontamente disponível para pequenos varejistas adotarem, capacitando-os a competir com grandes marcas

Deixe uma resposta