Como funciona a criação de um aplicativo?

Aplicativo é um tipo de software que funciona como um conjunto de ferramentas desenhadas para realizar tarefas e trabalhos específicos no seu smartphone.

Enquanto os sistemas operacionais são encarregados por fazer o computador funcionar, os programas são apresentados como ferramentas para melhorar as tarefas que você realiza.

Algumas das funções dos softwares aplicativos são realizar cálculos, organizar e executar tarefas, processar informações, entre outros.

Também conhecido como aplicativo ou aplicação, o software aplicativo pode ainda ser visto como um conjunto de informações que são lidas pelo computador.

O que é preciso para criar um aplicativos?

Ao contratar uma empresa para desenvolver um aplicativo, certifique-se da experiência que os gestores ou membros da equipe têm com desenvolvimento de software. Se a empresa tiver uma história relacionada apenas com publicidade e propagada, é provável que a construção do app será terceirizada.

Um aplicativo para celular deve ser desenvolvido por profissionais com experiência em software, além de um web designer, que vão projetar a usabilidade e layout do aplicativo.

Um Aplicativo é composto por duas partes:

Painel Administrativo

É um software WEB, semelhante às páginas de um site. Os administradores do aplicativo podem editar os cadastros, configurar parâmetros e monitorar o uso do aplicativo.

Aplicativos para Web Radio

Aplicativo para o smartphone

O app é baixado pelo usuário na Apple Store ou na Google play e será instalado no smartphone. Quando o usuário faz alguma ação, o aplicativo se conecta no banco de dados usado pelo painel administrativo, para buscar e levar as informações.

Como é a criação do aplicativo?

Veja quais profissionais são necessários para desenvolver e executar um projeto de aplicativo para celular:

Designer

Responsável por elaborar o desenho das interfaces do app, primando pela usabilidade, elemento fundamental para o sucesso do aplicativo. Algumas empresas nomeiam esse cargo como Front End Designer ou Front End Engineer.

Webdesigner

Aplicar o layout projetado anteriormente. As técnicas são parecidas com de um site, mas usando outro tipo de tecnologia.

Analista de sistemas

É responsável por compreender a necessidade de negócio do cliente e especificar por escrito o que precisa ser feito no projeto. É um profissional com bagagem em desenvolvimento de software e, em alguns casos, também ajuda na programação.

Arquiteto de Software

Analisa as necessidades do projeto e define a arquitetura técnica que melhor se encaixa no projeto. É comum sua participação na programação do aplicativo, sendo responsável pelas partes mais complexas do projeto.

Desenvolvedor / Programador

Transforma as especificações de negócio do aplicativo em código, seguindo as diretrizes técnicas do arquiteto e análise funcional do analista de sistemas. O código fonte faz a conexão com banco de dados e a camada visual, para leitura, gravação e exposição das informações. Essa parte representa em torno de 50% do esforço total de um projeto de desenvolvimento de aplicativo para celular.

Analista de banco de dados (DBA)

Em projetos menores o próprio analista de sistema, arquiteto de software ou programador, pode executar esse papel. Em projetos maiores, a figura de um DBA é fundamental para tratar adequadamente grandes volumes de dados.

Analista de Testes

Faz a validação do aplicativo, se não há erros (bugs) no app. Dependendo da configuração da equipe, o próprio analista de sistemas pode executar a etapa de validação.

Gerente de Projetos ou Coordenador

Profissional que cria e acompanha o cronograma do projeto, distribuindo as tarefas para os profissionais.

Quanto menor o projeto, mais fácil reunir as competências em poucas pessoas, tornando alguns profissionais multitarefas. No entanto, pelo menos um designer e um desenvolvedor experiente existem em todos projetos.

 

Se o projeto de aplicativo não der certo, dificilmente encontrará outro fornecedor disponível a continuar o projeto, pois é muito caro e as vezes inviável trabalhar sobre algo feito da forma errada, ou com tecnologias que não são as escolhidas pelo desenvolvedor.

É fundamental sentir confiança total do fornecedor antes da contratação.

Lembrem-se, um app é um software, não um site.

Please follow and like us:
error

Leave a Reply